Saudálito

Archive for julho 2009

Espero esclarecer as dúvidas dos leitores que estão sedentos por respostas das mais variadas possíveis em relação aos cáseos.

Percebi que todos sofrem do mesmo incômodo, que há necessidade de remoção quase que semanal e as vezes diária deles, o que é terrível.

A maioria dos que relatam ainda resiste ir a um especialista no assunto (neste caso ao Otorrino e ao dentista especialista em Halitose) e com a expectativa de receber um tratamento rápido, simples e indolor… e virtual!

Essa maioria não está associando o cáseo a sua formação e o fato dele ficar armazenado nas amígdalas ou nas criptas. Enfim, desejam que o tratamento seja igual e padrão para todos.

Então, vamos ao esclarecimento!

O cáseo realmente é desagradável e só sabe realmente quem passa por isso. Mas para saber a causa de sua formação somente um especialista em Halitose poderá, através de alguns exames, avaliar o que está acontecendo, pois alterações salivares podem estar provocando esta facilidade de acúmulo de restos alimentares na cavidade bucal sempre associada a uma higiene negligenciada em algum momento do dia. Exemplo: saiu para trabalhar e não tem oportunidade de escovar os dentes em períodos frequentes que favoreçam acúmulos de saburra na língua.

O cáseo não se forma de uma dia para o outro, isso é raro. Então, este é um ponto chave: saber o que pode estar formando a massa do cáseo. E isso só o especialista em Halitose faz esta investigação.

Outro ponto a ser avaliado é a condição anatômica das amígdalas e das criptas(região da garganta que possui cavidades próximo as amigdalas)já esta avaliaçã deve ser feita pelo Otorrino. Isto é:  algumas pessoas possuem as amígdalas de um formato e outras de outro; isto significa que a minha pode encher de cáseo e a sua nunca encher e vice-versa. É como ter diabetes, pressão alta, enxaqueca umas pessoas têm e outras não. Mas há sim tratamento e para cada pessoa esse tratamento é diferente, ou seja, um paciente diabético não toma a mesma medicação que o outro, assim também para um paciente hipertenso, para um enxaquecoso, porque somos organismos com funcionamentos similares , mas com respostas DIFERENTES .

Então amigos, o que eu queria que ficasse claro é:

  • Não existe remédio para os cáseos pela indicação virtual!
  • Melhor que a indicação de um amigo é a indicação de um profissional, e é justamente aqui que estamos para esclarecer as dúvidas: direcionando aos melhores caminhos científicos, sem que determinemos a receita de bolo para ninguém.
  • Medicina e Odontologia não são ciências exatas e no dia que alguém disser a você que um remédio somado a outro o resultado será sempre igual, pode desconfiar.
Anúncios

É esta a conclusão que tenho diante da minha experiência não só profissional, mas também de vida.  E por quê?

halito_250Porque antes eu achava que sim, ele existia, mas ao saber que o mau hálito tinha tratamento e havia correr atrás de aprender a tratá-lo, descobri que aquele que o tem não sabe, aquele que sabe convive com a vergonha e quem não convive com a vergonha sofre de descaso. Então percebi o seguinte: tratar-se de algo tão desagradável – como o mau hálito – não é desagradável  para todos. Ou melhor, não incomoda a todos.

A maioria das pessoas que possui mau hálito toma banho todos os dias, usa roupas de marca, os melhores perfumes, o corte de cabelo da moda e o celular mais caro. Mas a boca pode estar caindo aos pedaços e o hálito… O que é isso mesmo? Ah, esse realmente não existe.

Eu achei que era doidice minha e que só eu tinha um olfato muito apurado e vivia sentindo odores desagradáveis, já que sofro de enxaqueca, a qual me permite, de certa forma, identificar cheiros a quilômetros de distância. Mas depois passei a me dar o luxo de não me sentir doida e sim determinar um novo fato. Mau hálito não existe!

E assim todos seremos mais felizes, pois este termo será menos um a ser colocado no dicionário e falado nos consultórios dentários.

P.S.: Mas se alguém pensar da maneira antiga, como eu pensava, procure o tratamento. TEM CURA!

Fonte da imagem: Flickr (Looking Glass)

Por conta de afazeres, atividades e decisões em outras áreas profissionais há mais de um mês, o Saudálito acabou ficando em stand by.

Contudo, ele irá continuar, só que com atualizações menos frequentes, até eu conciliar todas as atividades as quais estou envolvida. Observo de que há ainda muito assunto a ser explorado, assim como possibilidades em conduzir mais a fundo diversos temas relacionados ao tema halitose – como, por exemplo, os cáseos (cujo primeiro post fez brotar naturalmente um autêntico grupo de discussão na área de comentários, aonde as pessoas procuram se ajudar!).

Obrigada a todos pela visita e não deixem de acompanhar o Saudálito!


Saúde + Hálito

Saudálito é um blog sobre o tema halitose e assuntos relacionados ao mau hálito. Regularmente são publicadas informações didáticas e dicas sobre este problema bastante corriqueiro na vida de todos, visando o esclarecimento acerca dos possíveis tratamentos e prevenções deste sintoma. Para informações sobre atendimento clique em Contato.

Blogs de colegas dentistas: