Saudálito

Archive for setembro 2009

5917_128x128Esta é a pergunta que mais me fazem ultimamente. Sobretudo porque os pacientes que possuem cáseos querem ficar livres deles a qualquer custo e é compreensível o motivo do apelo.

No entanto, esbarram num problema que é a relutância de seus médicos em não fazê-lo. Mas isso, creio eu, deve ter inúmeras justificativas que por si só explicam o fato de não quererem fazer.

E agora venho eu evidenciar uma dessas justificativas, que nada tem a ver com os argumentos que os médicos colocam para não fazer a cirurgia, mas deveria ser a primeira para todos aqueles se preocupam com o resultado pós-cirúrgico: o que causa o surgimento do cáseo? Você já procurou saber? Não? Então, procure se informar disso já, pois o desconhecimento da causa do cáseo é o que faz com que 90% das cirurgias de remoção de amígdalas fracassem, principalmente em pacientes que possuem criptas profundas.

Assim sendo, por que elas fracassam? Porque você não tratou a causa do cáseo. Provavelmente ele irá aparecer de novo, pois não é sua amígdala quem o colocou ali. Ela somente o alojou. E o fator que causou isso infelizmente não foi combatido ainda.

Antes de ir para a cirurgia, o ideal é identificar o agente causador e isso só um especialista em halitose poderá te ajudar. E só depois de devidamente orientado, controlado e/ou tratado, é que se deve optar pelo caminho da cirurgia junto ao seu otorrino.

Alguns pacientes não tiveram mais cáseos depois da cirurgia sem ter ido a um especialista em halitose? Sim, mas muitos (e não foram poucos!) têm o insucesso e não sabem a razão.

A causa não foi tratada, somente o alojamento do problema. Por isso a relutância dos médicos em removê-la. As amígdalas são um órgão protetor do organismo. Por isso, removê-lo sem ele estar causando diretamente algum mal é uma dura escolha, visto que fazer uma cirurgia é sempre um procedimento de risco ao paciente.

Portanto, meu conselho é: primeiro procure a causa (com a orientação de um especialista em halitose) e não solução.

Anúncios
asma_inalador
Fonte da imagem: Flickr (viralbus)

Ao atender os inúmeros pacientes dia a dia na clínica, vez por outra tive queixas de asma. Muitos não tinha um acompanhamento frequente no seu tratamento para a asma e outros o faziam direitinho.

O que foi percebido em todos os casos era a ansiedade presente causada pela sintomatologia de falta do ar, gerando quadro de xerostomia, conhecida também como baixa salivação.

As medicações são de suma importância para quem está em tratamento, mas o  fator baixa salivação estará presente na maioria dos casos e isto é um causador de halitose em quem sofre da asma. Por isso, fazer o tratamento preventivo com seu médico é importantíssimo para avaliar as condições gerais da saúde do organismo, pois o mau hálito é um alarme de que algo não está bem.

Neste portal  pode-se tirar muitas dúvidas de como lidar com um possível quadro de asma : www.mitosdaasma.com.br


Saúde + Hálito

Saudálito é um blog sobre o tema halitose e assuntos relacionados ao mau hálito. Regularmente são publicadas informações didáticas e dicas sobre este problema bastante corriqueiro na vida de todos, visando o esclarecimento acerca dos possíveis tratamentos e prevenções deste sintoma. Para informações sobre atendimento clique em Contato.

Blogs de colegas dentistas: