Saudálito

Archive for the ‘Otorrinolaringologia’ Category

5917_128x128Esta é a pergunta que mais me fazem ultimamente. Sobretudo porque os pacientes que possuem cáseos querem ficar livres deles a qualquer custo e é compreensível o motivo do apelo.

No entanto, esbarram num problema que é a relutância de seus médicos em não fazê-lo. Mas isso, creio eu, deve ter inúmeras justificativas que por si só explicam o fato de não quererem fazer.

E agora venho eu evidenciar uma dessas justificativas, que nada tem a ver com os argumentos que os médicos colocam para não fazer a cirurgia, mas deveria ser a primeira para todos aqueles se preocupam com o resultado pós-cirúrgico: o que causa o surgimento do cáseo? Você já procurou saber? Não? Então, procure se informar disso já, pois o desconhecimento da causa do cáseo é o que faz com que 90% das cirurgias de remoção de amígdalas fracassem, principalmente em pacientes que possuem criptas profundas.

Assim sendo, por que elas fracassam? Porque você não tratou a causa do cáseo. Provavelmente ele irá aparecer de novo, pois não é sua amígdala quem o colocou ali. Ela somente o alojou. E o fator que causou isso infelizmente não foi combatido ainda.

Antes de ir para a cirurgia, o ideal é identificar o agente causador e isso só um especialista em halitose poderá te ajudar. E só depois de devidamente orientado, controlado e/ou tratado, é que se deve optar pelo caminho da cirurgia junto ao seu otorrino.

Alguns pacientes não tiveram mais cáseos depois da cirurgia sem ter ido a um especialista em halitose? Sim, mas muitos (e não foram poucos!) têm o insucesso e não sabem a razão.

A causa não foi tratada, somente o alojamento do problema. Por isso a relutância dos médicos em removê-la. As amígdalas são um órgão protetor do organismo. Por isso, removê-lo sem ele estar causando diretamente algum mal é uma dura escolha, visto que fazer uma cirurgia é sempre um procedimento de risco ao paciente.

Portanto, meu conselho é: primeiro procure a causa (com a orientação de um especialista em halitose) e não solução.

Anúncios

esofagoRefluxo gastro-esofágico é geralmente associado como um dos causadores de mau hálito pelos seus portadores. Até que ponto isso é verdade? Vejamos mais uma pergunta enviada ao Saudálito:

Pergunta
Há alguns anos atrás descobri que tinha caseos amigdalíticos, então realizei a cirurgia de retiradas das amigdalas e tudo certo, ok? mas não, descobri também que sofro de refluxo gastro-esofágico, e o pior, além de ter mau-hálito quando respiro exalo pelo nariz um odor mto desagradável. Gostaria de saber: do que se trata esse problema?

Resposta
Esse cheiro desagradável que sai pelo nariz pode se sugerir algum problema na área de otorrinolaringologia. Os problemas mais comuns são: sinusite, rinite alérgica, corrimento nasal posterior, que podem apresentar quadro de odor fétido exalado pelo nariz. e maneira imediata, recomendo consultar com um otorrinolaringologista se você tem algum problema nasal.

Fonte da imagem: Vista endoscópica do esôfago – Flickr (testastretta-999)

caseo_amigdalianoComo acabar com os cáseos? Esta é uma pergunta frequente de quem sofre deste incômodo tão desagradável. Diante de tanta dúvida e sede de conhecimento de alguns, passo agora a falar sobre alguns tipos de tratamento para o problema.

Os tratamentos propostos são a higiene criteriosa da boca e língua, o uso de soluções para gargarejar, o uso do laser com dióxido de carbono tratamento de possivel corrimento nasal posterior, aumentar  fluxo salivar , avaliar alimentação e a  remoção parcial e total da amigdala.

Depois de observar os relatos de alguns pacientes meus e de pessoas que me enviaram através do Saudálito suas opiniões a respeito do calvário diário que é conviver com o tal cáseo, e cheguei à seguinte conclusão:

Nao existe tratamento que seja 100% bom para todos os pacientes, pois tudo dependerá de sua real necessidade em exterminar o problema associado ao seu nível de tolerância em continuar a tentar um convívio com o problema. E por que isso?

Algumas pessoas sequer toleram a idéia de ir a um centro cirúrgico para remover as amígdalas e, por isso, acabam partindo para todos os tratamentos que lhe tragam uma solução temporária. Já outros não suportam a idéia de ficar utilizando soluções paliativas e querem resolver de maneira definitiva e única.

Portanto, para quem  quer se livrar definitivamente dos cáseos, a conduta  (respaldada, é claro, à indicação médica de um especialista otorrino) poderá ser, realmente, a remoção total das amígdalas. Embora haja casos que a cirurgia não resolveu em definitivo, com algumas recorrências do cáseos.

Já para quem consegue conviver com os cáseos, vale continuar a experiência e pesquisa com métodos alternativos para melhorar a qualidade de vida de quem os tem.

Fonte da imagem: Revista Brasileira de Otorrinolaringologia

corrimento_nasalDepois de já ter falado anteriormente sobre a importância do tratamento multidisciplinar da halitose, trato hoje de um assunto especificamente da medicina na área do otorrinolaringologistas.

Corrimento nasal posterior é uma secreção que persiste em ficar localizada na garganta e causa aquela reação famosa do “rãn rãn”. É relativamente simples de explicar, mas não fácil do paciente identificar sozinho. Esta secreção é de volume médio e espesso, causado por uma infecção bacteriana nasal, com odor desagradável que é exalado pelo paciente na forma de mau hálito.

Quando diagnosticado pelo profissional de halitose, o encaminhamento ao otorrino é de suma importância para que assim este contribuidor do mau hálito seja corrigido de maneira correta e eficaz.

fonte da imagem: (Flickr: andreasnilsson1976)

caseoBem, acredito que muitas pessoas já conhecem o cáseo, mas não sabem que ele se chama assim. O cáseo, na verdade, é uma massinha mal cheirosa que se acumula na amígdala e possui a aparência de um grão de arroz.

Quem pode tê-lo? Não existe uma estatística exata mas as pessoas que possuem uma amígdala parecendo uma saquinho com furos maiores são mais propensas a ter o famigerado cáseo.

Existem possibilidades de tratamento para quem se sente muito incomodado com este invasor, mas a higiene da língua é o principal deles. Em casos extremos, o tratamento mais radical é a remoção da amígdala.

Por isso,  se você tem ou já teve um caso de cáseo , investigue perguntando a alguém se sente mau hálito em você. É muito importante saber!

fonte da imagem: (arquivo de Paula Rollemberg)


Saúde + Hálito

Saudálito é um blog sobre o tema halitose e assuntos relacionados ao mau hálito. Regularmente são publicadas informações didáticas e dicas sobre este problema bastante corriqueiro na vida de todos, visando o esclarecimento acerca dos possíveis tratamentos e prevenções deste sintoma. Para informações sobre atendimento clique em Contato.

Blogs de colegas dentistas: