Saudálito

Archive for the ‘Psicologia’ Category


Fonte da imagem: Flickr (Andi.)

Existe isso? Infelizmente existe e é o tipo de halitose mais difícil de alcançar êxito em sua cura, se o paciente não entender que terá de se tratar também com outros profissionais de saúde.

A halitose psicológica geralmente ocorre em alguém que teve um episódio de halitose frequente  ou esporádica e por motivos de ordem emocional, desencadeou uma psicose pelo pânico de estar com mau hálito.

E como é o quadro de uma pessoa assim? A princípio se manifesta através do seu isolamento social, pois ele  acredita cegamente que exala o pior odor do mundo pela boca. Muitos chegam a acreditar que exalam o cheiro o tempo todo pelo corpo também.

A  piora do quadro se revela grave quando tomam atitudes mais drásticas como demitir-se de seus empregos, deixar de estudar, afastar-se de seus amigos e da família, deixando de fazer todas as coisas que sempre fizeram e gostaram por terem pânico de estarem com mau hálito. Ou seja, alcançam o grau de deixar de acreditar nas pessoas que mais amam, virando um conflito pessoal e familiar.

O quadro de depressão está muito presente nos sintomas da halitose psicológica também. Crises de síndrome do pânico também podem ocorrer, o que torna a ajuda de especialistas como psicólogos, psiquiatras e terapeutas, muito importante.

É realmente difícil dizer o que desencadeia; no entanto, o perfil do paciente é geralmente de ansiedade, estresse e depressão.

E o que fazer numa hora dessas? A conduta ideal , descartada a presença de mau hálito, é encaminhá-lo para um psicólogo e em casos mais graves, para um psiquiatra também.

O apoio e paciência da família e amigos, é fundamental. Afinal, trata-se de um distúrbio de ordem psicológica e niguém entra nisso porque quer. O paciente que o tem sofre demais e, na maioria das vezes, muda completamente de personalidade.

Procure um dentista de sua confiança, se possivel que entenda de halitose, ou o próprio especialista, para que tenha todas as dúvidas tiradas e seja encaminhado para os profissionais que ajudarão neste caso específico.

Se você conhece alguém passando por isso, ajude-o. Ele não pode  sofrer achando  que não tem solução! 🙂


Fonte da imagem: Flickr (citroenverde)

É  muito comum haver pacientes com medo de dentista. Alguns até têm traumas justificados, já que há uns 40 anos atrás a tecnologia não tão avançada, aliada a profissionais não tão preocupados com o temor alheio, faziam suas vítimas.

Hoje, salvo algumas exceções, os profissionais se preocupam muito com seus pacientes, enxergando-os além de uma boca a ser tratada ou orientada. Na minha especialidade, o tratamento da halitose, o medo de ter mau hálito também faz suas vítimas.

Um dos medos que o paciente enfrenta está associado à vergonha em procurar o especialista. Por isso, deixo a ele sempre bem claro: estou no consultório para isso, para identificar e tratar. E esse medo faz com que muitos não procurem ajuda para se livrarem da halitose.

Pacientes que em algum momento tiveram episódios de halitose e com predisposição a um distúrbio psicológico, muitas das vezes passageiro, podem surtar achando que estão sempre com halitose. E na grande maioria, tendo se tratado, de fato não estão. Esse medo, chamamos de halitose psicológica. E infelizmente, vai além de um caso de mau hálito a se tratar.

E não tenham medo de mim, por favor! Eu não mordo ninguém. Mas pego no pé, para que fique bom da halitose. Ahm isso eu faço! 🙂

P.S.: Este post está concorrendo no 1o Concurso ‘Blog Medo de Dentista’, em http://www.medodedentista.com.br, blog que traz muito conteúdo importante a todos que têm algum medo realcionado a nós, dentistas. Parabéns pelo seu primeiro aniversário e concurso. Que venham mais dias e concursos! 🙂


Tags:

noiva_halitoPassado o mês de maio, conhecido também como mês das noivas, retorno explicando o fenômeno halitose em noivas.

E logo numa noiva linda e maravilhosa? Sim, justo por isso. Para realizar o sonho de ficar exuberante ela passou por diversos fatores estressantes, expectativas, medos e tensões, todos estes potenciais provocadores de halitose.

E na prática como isso ocorre? Quem casou ou vai casar, passa por um turbilhão de emoções que muitas vezes provocam patologias em quem está prestes a realizar esse sonho.

O que ocorre é o jejum provocado pela  falta de apetite, por comer exageradamente coisas gordurosas e doces pela ansiedade, por não beber líquidos, pela diminuição do fluxo salivar pelo estresse emocional, pelas noites mal dormidas (provocando baixa imunidade) e, consequentemente, doenças como gripes, resfriados, infecções urinárias, gastrite e infecções intestinais, entre outras.

Por mais que pareçam fáceis de controlar, todas estas modificações ocorridas no organismo realmente não são e, assim, o mau hálito sempre aparece.

Por isso não fiquem assustadas,pois quando o grande dia chegar, possivelmente tudo isso vai acabar. Eu garanto! 😉

Fonte da imagem: Flickr (Corey Ann)

stress1Já é sabido que o estresse psicológico causa infinidades de alterações significativas no metabolismo do homem e dos animais. Este turbilhão emocional traz consigo inúmeras manifestações orgânicas. Dentre elas, a halitose.

O quadro de estresse normalmente se inicia com sinais de cansaço, falta de apetite, falta de motivação, ansiedade e nervosismo, o que torna o indivíduo suscetível a modificações do seu eu emocional e do seu eu fisiológico.

As alterações mais observadas nas pessoas possuidoras de mau hálito por estresse é a diminuição do fluxo salivar (xerostomia), a hipoglicemia e a higiene bucal ineficiente. Aliás, estes são três fortes indicadores de uma possível halitose.

E como fazer para tratar? Antes de tudo, o paciente estressado tem de entender que está com mau hálito e que para tratá-lo necessitará de atendimento multidisciplinar. Ou seja, ele deve ir atrás de cuidar do principal iniciador da halitose: o estresse. E para isso, será importante a presença do especialista em halitose e de um médico para ajudá-lo neste duplo tratamento.

fonte da imagem: (Flickr: kittykatfish)


Saúde + Hálito

Saudálito é um blog sobre o tema halitose e assuntos relacionados ao mau hálito. Regularmente são publicadas informações didáticas e dicas sobre este problema bastante corriqueiro na vida de todos, visando o esclarecimento acerca dos possíveis tratamentos e prevenções deste sintoma. Para informações sobre atendimento clique em Contato.

Blogs de colegas dentistas: