Saudálito

Posts Tagged ‘dieta

alimentacao_caseos

Desde seu lançamento, o Saudálito tem recebido frequentes dúvidas dos leitores acerca da halitose, xerostomia, cáseos e diversos problemas relacionados ao mau hálito. Algumas delas levantam assuntos interessantes para serem compartilhados e debatidos entre os leitores do blog. Portanto, a partir de agora iremos selecionar as perguntas mais interessantes e publicá-las aqui, no formato de post do blog, e abrindo-as assim para discussão. Para inaugurar esta categoria de post, selecionamos uma relacionada aos cáseos:

Pergunta
(…) Apareceram alguns cáseos “grudados” em minha garganta, o que me assustou. Fui ao médico e ele detectou em mim uma faringite e disse que os cáseos poderiam estar associados ao quadro. Eles são recorrentes? No meu caso, eles ficam depositados numa espécie de “prega” ao lado da campainha. Outro dia estava assistindo TV e tive um espirro; verifiquei que saiu uma massinha firme que, ao apertar, vi que tem um odor horrível. Há alguma recomendação de dieta para evitar isso?

Resposta
Os cáseos são recorrentes sim, independente do quadro apresentado (no caso, faringite), pois o formato da amígdala é o que favorece o acúmulo de restos alimentares, promovendo o surgimento deles. E não há relação direta entre os cáseos e tipo de dieta: a conduta ideal é ser o mais rigoroso possível na higiene bucal e da língua, além de procurar ingerir muito líquido para que sua saliva não seja muito viscosa, o que pode possibilitar o reaparecimento de mais cáseos.

Fonte da imagem: Flickr (ali edwards) e arquivo de Paula Rollemberg

balanca
fonte da imagem: (Flickr: renatotarga)

Sim, o surgimento da halitose normalmente ocorre em pessoas que fazem algum tipo de regime alimentar. Isso acontece por fatores que já foram aqui comentados anteriomente, mas tornarei a apontá-los.

E me refiro principalmente àqueles que fazem regime por conta própria, passando por privações de diversas formas.

O jejum prolongado é o campeão do ranking. Quem faz regime , principalmente por conta própria , passa horas sem ingerir nada para alcançar a usa meta. Porém, com isso também não ingere líquidos de maneira suficiente, baixando o fluxo salivar e aumentando a ação bacteriana na boca, provocadora dos gases do mau hálito.

Portanto, a dieta alimentar, seja ela qual for, deve ser moderada e equilibrada para que, além de não deixá-lo doente e feio, não provoque também o mau hálito.


Saúde + Hálito

Saudálito é um blog sobre o tema halitose e assuntos relacionados ao mau hálito. Regularmente são publicadas informações didáticas e dicas sobre este problema bastante corriqueiro na vida de todos, visando o esclarecimento acerca dos possíveis tratamentos e prevenções deste sintoma. Para informações sobre atendimento clique em Contato.

Blogs de colegas dentistas: